Coletânea da Eduff analisa presença da cultura negra no Brasil

Obra reúne 27 artigos sobre o tema

Em 07/12/2018 12:13
Atualizado em 10/12/2018 12:27

Notícia por ABEU

Coletânea da Eduff analisa presença da cultura negra no Brasil

A Eduff lança na terça-feira, 11 de dezembro, na Livraria Folha Seca, no Rio de Janeiro, a coletânea "Cultura Negra", organizada por Martha Abreu, Giovana Xavier, Lívia Monteiro e Eric Brasil. A obra é dividida em dois volumes e reúne 27 artigos que trazem reflexões sobre a diversidade das experiências negras no campo cultural, da festa, da música, do teatro, da educação, da luta política, em diferentes épocas da história do Brasil.

Os dois volumes são uma contribuição para diminuir os silêncios sobre o papel da cultura negra nas histórias do pós-Abolição. O primeiro volume destaca as instituições e associações culturais e políticas negras, como escolas de samba, congados, jongos, bois e maracatus nos tempos da escravidão, mas, em especial, nos tempos do pós-Abolição. Já o segundo volume se volta para os sujeitos sociais que, na prática, criaram novos sentidos de culturas e festas. São homens e mulheres frequentemente esquecidos, mas cujas trajetórias e ação intelectual demonstram o combate ao racismo e a contraposição às relações de dominação reconstruídas no pós-Abolição. 


Tags da postagem

eduff pós-abolição cultura popular Música política Desigualdade resistência Conhecimento da Humanidade Comportamento Social Nível de Informação Nível de Comunicação cultura negra movimentos