Entrega do Prêmio ABEU 2017 prestigia as melhores edições universitárias

Conheça os vencedores da premiação

Em 19/11/2017 22:39

Notícia por ABEU

Entrega do Prêmio ABEU 2017 prestigia as melhores edições universitárias

Na noite deste sábado, 18 de novembro, no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo/SP, ocorreu a entrega do Prêmio ABEU 2017 com a presença de autores, pesquisadores, representantes das editoras universitárias e de diversas entidades do livro. A premiação, que chega à sua 3ª edição, tem o intuito de distinguir as melhores edições universitárias no âmbito do conhecimento científico e acadêmico, e concedeu troféus aos vencedores em 6 categorias: “Capa”, “Projeto Gráfico”, “Ciências Naturais e Matemáticas”, “Ciências da Vida”, “Ciências Sociais e da Expressão” e “Ciências Humanas”.

A cerimônia foi aberta com um discurso do presidente da ABEU, Marcelo Luciano Martins Di Renzo, que destacou a importância da consolidação efetiva do prêmio, que acontece no momento em que a Associação completa seus 30 anos de fundação: “O Prêmio ABEU é muito relevante para nós porque representa a nossa maturidade como associação. Mais do que isso, ele representa a qualidade da produção editorial das associadas.” Como muitos dos indicados também acabaram reconhecidos no Prêmio Jabuti deste ano, com alguns dos livros das editoras universitárias ganhando o 1º lugar, Di Renzo destacou como as edições universitárias têm mostrado sua qualidade: “Quando começamos a produzir livros lá atrás, há 30 anos, muitas críticas davam a entender que não teríamos essa qualidade toda. E hoje apresentamos uma qualidade não apenas gráfica, mas de conteúdo, com uma produção anual de cerca de 2.000 títulos novos por parte das associadas.”

Como forma de endossar as ações realizadas pela ABEU em prol da distribuição de livros e do incentivo à leitura, a solenidade contou também com a participação de Ana Cristina Arraruna, representando o Ministério da Cultura. Em sua fala, ela reconheceu os esforços da Associação e de seus membros pelo acesso ao livro, em especial o Projeto de Lei 212/16, que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita, proposta por José Castilho Marques Neto, curador do Prêmio ABEU e ex-presidente do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). Ana Cristina ressaltou ainda a relevância da premiação em sua fala: “Precisamos mesmo disso: fomento, incentivo ao que é produzido em nossas universidades.”

No momento de anunciar a classificação final de cada categoria, os ganhadores foram chamados ao palco para receber seus troféus, com direito a um breve discurso dos autores vencedores do 1º lugar. Carlos Monarcha, responsável pelo livro A instrução pública nas vozes dos portadores de futuros, ganhador na categoria “Ciências Humanas” e publicado pela EDUFU, citou um trecho de sua obra ao aceitar o prêmio.

Na categoria “Capa”, o vencedor foi o título da Editora Massangana/Fundação Joaquim Nabuco: Vivencial: imagens do afeto em tempos de ousadia, de Ana Farache e Jorge Borges. A autora, responsável também pela foto da capa, disse que “foi uma honra estar entre tanta gente boa e ter o reconhecimento de uma Associação de prestígio, como a ABEU”.

Já o título O Mundo das Argilas, uma produção bilíngue da Editora da UFRGS, ganhou o 1º lugar na categoria “Ciências Naturais e Matemáticas”. Realizado por Alain Meunier, Edson Campanhola Bortoluzzi e André Sampaio Mexias, os três autores foram representados na cerimônia por este último, que declarou “Nós ficamos em um primeiro momento surpresos pela indicação e, num segundo momento, bastante envaidecidos, afinal, pra gente, estar entre os 3 finalistas já é uma distinção.”

Em seguida, foi entregue o prêmio na categoria “Ciências Sociais e da Expressão”, cujo 1º lugar foi concedido ao título Graciliano Ramos e a Cultura Política: mediação editorial e construção de sentido, publicado pela EdUSP. Thiago Mio Salla, autor do livro, comentou: “Considerando a importância da entidade [ABEU] e de estar aqui nesse momento, o prêmio representa todo o reconhecimento de uma trajetória, porque esse livro foi, na verdade, um trabalho acadêmico feito no âmbito da universidade e publicado pela Editora da USP. Portanto, apenas estar entre os finalistas de um prêmio que prestigia as produções universitárias realmente é muito representativo.”

A Editora Fiocruz acabou levando o 1º lugar na categoria “Ciências da Vida”, com o livro Brasil Saúde Amanhã: população, economia e gestão. A obra, que foi organizada por Paulo Gadelha, José Carvalho de Noronha, Telma Ruth Pereira e Sulamis Dain, foi representada por esta última pesquisadora. Para ela, “É uma honra o reconhecimento ao trabalho, que é um projeto em grupo, de pessoas que fazem parte de um programa da Fiocruz chamado ‘Brasil Saúde Amanhã’. E na verdade, o livro traz uma discussão de políticas de saúde numa perspectiva acadêmica e militante, portanto, estou muito honrada e feliz do nosso trabalho ter uma projeção.”

Para finalizar, foi anunciado o vencedor na categoria “Projeto Gráfico”, que foi o livro da Editora da UFRGS, também ganhador do Prêmio Jabuti, A Modernidade Impressa: artistas ilustradores da Livraria Globo – Porto Alegre. Paula Ramos, autora do livro, declarou que “É um reconhecimento maravilhoso, ainda mais vindo de uma associação que tem uma história, embora seja um prêmio recente.” Sandro Fetter, responsável pelo projeto gráfico, também esteve presente e comentou sobre sua relação de pupilo com a autora, tendo sido aluno de Paula Ramos no curso de Design: “Foram 10 anos da gente lutando pra que esse projeto saísse, podendo entregar agora um material belíssimo de acervo que poucos tinham acesso.”

Ao final da noite, todos os premiados se reuniram para um registro deste momento de valorização do livro universitário. Enquanto isso, a Associação continua a trabalhar para que o Prêmio ABEU possa ampliar seus horizontes e contemplar ainda mais publicações com o reconhecimento que merecem.

Abaixo, confira a classificação final das categorias, incluindo as menções honrosas.

CAPA

1. “Vivencial: imagens do afeto em tempos de ousadia” – Ana Farache, Jorge Borges – Editora Massangana/Fundação Joaquim Nabuco
2. “A Visitação do Real nos Fatos Clínicos Psicanalíticos” – Carolina Aires Sucheuski – Editora da Universidade de São Paulo
3. “O Adolescente e a Internet: laços e embaraços no mundo virtual” – Carla Fernanda Fontana – Editora da Universidade de São Paulo

 

PROJETO GRÁFICO

  1. “A Modernidade Impressa: artistas ilustradores da Livraria Globo – Porto Alegre” – Sandro Fetter, Paula Ramos – Editora da UFRGS
  2.  “O Livro de Artista e a Enciclopédia Visual” – Gustavo Piqueira / Casa Rex – Editora UFMG
  3.  “Aves do Acre” – Tancredo Maia Filho – EDUFAC

Menções honrosas

“Vitrines de tecnologia da Embrapa” – Leandro Sousa Fázio – EMBRAPA

Blocos de Memórias: habitação social, arquitetura moderna e patrimônio cultural” – Marcio Freitas – Editora da Universidade de São Paulo

 

NATURAIS E MATEMÁTICAS

  1. “O Mundo das Argilas” – Alain Meunier, Edson Campanhola Bortoluzzi, André Sampaio Mexias – Editora da UFRGS
  2. “Equilíbrio Iônico: aplicação em química analítica” – Orlando Fatibello Filho –  EdUFSCar
  3. “Grupos de Lie” – Luiz A. B. San Martin – Editora da Unicamp

 

DA VIDA

  1. “Brasil Saúde Amanhã: população, economia e gestão” – Paulo Gadelha, José Carvalho de Noronha, Sulamis Dain, Telma Ruth Pereira (Org.) – Editora Fiocruz
  2. “Amamentação e Políticas para a Infância no Brasil: a atuação de Fernandes Figueira (1902-1928)” – Gisele Sanglard (Org.) – Editora Fiocruz
  3. “Atlas Anatômico e Histológico do Caranguejo-uçá” – Gisela Geraldine Castilho-Westphal, Antonio Ostrensky, Diogo Barbalho Hungria, Karin Cristina Escobar Yamashiro, Livia Blanche, Walter Antonio Boeger – Editora UFPR

Menções honrosas

“Tessituras do Cuidado: as condições crônicas de saúde na infância e adolescência” – Camila Aloisio Alves – Editora Fiocruz

“Fumo de Angola: canabis, racismo, resistência cultural e espiritualidade” – Edward MacRae, Wagner Coutinho Alves (Org.) – EDUFBA

“Terapia Ocupacional Social” – Roseli Esquerdo Lopes, Ana Paula Serrata Malfitano (Org.) – EdUFSCar

 

SOCIAIS E DA EXPRESSÃO

  1.  “Graciliano Ramos e a Cultura Política: mediação editorial e construção do sentido” - Thiago Mio Salla – Editora da Universidade de São Paulo
  2. “A Modernidade Impressa: artistas ilustradores da Livraria do Globo – Porto Alegre” – Paula Ramos – Editora da UFRGS
  3.  “Arte Comparada” – Flavio R. Kothe – Editora UnB

Menções honrosas

“Blocos de Memórias: habitação social, arquitetura moderna e patrimônio cultural” – Flávia Brito do Nascimento – Editora da Universidade de São Paulo

“Machado de Assis: lido e relido” - João Cezar de Castro Rocha (Org.) – Editora Unicamp (coedição com Alameda)

“Violência de Gênero Contra Mulheres: suas diferentes faces e estratégias de enfrentamento e monitoramento” – Cecília M. B. Sardenberg,  Márcia S. Tavares – EDUFBA

 

HUMANAS

1. “A Instrução Pública nas Vozes dos Portadores de Futuros” – Carlos Monarcha – EDUFU

2. “O Adolescente e a Internet: laços e embaraços no mundo virtual” – Cláudia Prioste – Editora da Universidade de São Paulo

3. “Executivos Negros: racismo e diversidade no mundo empresarial” – Pedro Jaime – Editora da Universidade de São Paulo

Menções honrosas

“A Tentação Fascista no Brasil: imaginário de dirigentes e militantes integralistas” – Hélgio Trindade – Editora da UFRGS

“Democracia Digital: publicidade, instituições e coonfronto político” – Ricardo Fabrino Mendonça, Marcus Abílio Pereira, Fernando Filgueiras (Org.) – Editora UFMG

“Novas Faces da Vida nas Ruas" – Taniele Rui, Mariana Martinez, Gabriel Feltran (Org.) – EdUFSCar


Tags da postagem

Prêmio ABEU Prêmio ABEU 2017 Amigos e Vida Social Nível de Informação Nível de Comunicação