Edufal apresenta mais lançamentos

Novos livros são em variadas áreas do conhecimento

Cadastrado em 08/10/2018 09:30
Atualizado em 09/10/2018 15:16

Notícia por ABEU

Edufal apresenta mais lançamentos

O livro "Os homens-cangurus dos canaviais alagoanos: um estudo sobre trabalho e saúde", do sociólogo Lúcio Vasconcelos de Verçoza, editado pela Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), será lançado em Maceió na sexta-feira, 19 de outubro, a partir das 19 horas, no Complexo Cultural Teatro Deodoro. O livro é resultado da premiação de melhor tese sobre os fenômenos relacionados ao mundo rural brasileiro, no doutorado na Universidade Federal de São Carlos, tendo recebido o Prêmio Maria de Nazareth Baudel Wanderley, em 2016.

O professor universitário é graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Alagoas, mestre e doutor em Sociologia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e integra o Grupo de Pesquisa do CNPq, Terra, Trabalho, Memórias e Migração. A pesquisa analisou a saúde física dos trabalhadores canavieiros, articulada ao sofrimento moral e psíquico, visando contribuir para as reflexões sobre a relação entre o trabalho do corte de cana e o adoecimento dos trabalhadores. O estudo comprova que o excesso de trabalho e jornadas de até 11 horas elevam a carga cardiovascular e provocam “distúrbio hidroeletrolítico” em cortadores de cana.

Outro lançamento que saiu no último mês, "Guarda Compartilhada, como expressão do princípio constitucional do melhor interesse da criança", de Márcia Alencar, destaca que um dos mais graves problemas que enfrentam os casais que se separam é a modalidade de convivência que os pais terão com os filhos até que estes atinjam a maioridade. Nem sempre conseguem harmonizar seus interesses e desejos, agravando conflitos que brotam a todo  instante, com reflexo inevitável na formação e equilíbrio emocional dos filhos. O livro resulta da dissertação do mestrado em Direito pela Ufal de Patrícia Melo Messias, atual procuradora do Estado de Alagoas, e vem contribuir para a disseminação da guarda compartilhada, não só por força da lei, mas, sobretudo, para propiciar a convivência pacífica entre os pais separados, em benefício do desenvolvimento integral dos filhos.



Tags da postagem

Sociologia cana-de-açúcar rurais Trabalhadores Conhecimento da Humanidade Comportamento Social Nível de Informação divorcio guarda compartilhada alienacao parental

Comentários

Para comentar, acesse com seu Passaporte Archipèlagus validado.

Acessar