A Voz do Profissional

Entrevista com Amanda Ramalho, coordenadora do SciELO Livros e responsável pelo ABEU Técnico no 2º Seminário Brasileiro de Edição Acadêmica

Em 22/04/2019 19:16

Entrevista por ABEU

A Voz do Profissional

Estamos de volta com a coluna A Voz do Profissional para uma série de entrevistas com os palestrantes do 2º Seminário Brasileiro de Edição Universitária e Acadêmica, que acontece em conjunto à 32ª Reunião Anual da ABEU, de 14 a 17 de maio, em Porto Alegre. Vamos começar com uma conversa com Amanda Ramalho, mestranda em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (USP), graduada em Biblioteconomia e coordenadora do Projeto SciELO Livros, no qual foi responsável pelo gerenciamento da produção das publicações digitais (ePUB) e exportação de metadados para bases de dados nacionais e internacionais.

 

Durante o Seminário, Amanda irá ser responsável pelo ABEU Técnico, curso oferecido ao público do evento sobre algum tema de relevância para os profissionais do mercado editorial. Este ano, o tema do curso será “O livro e as tecnologias: metadados, formatos e linguagens”. Na entrevista, a coordenador do SciELO Livros falou um pouco dos temas que serão tratados no ABEU Técnico e esclareceu a relevância dos metadados para o cenário editorial.

 

O ABEU Técnico que será ministrado este ano no âmbito do Seminário Brasileiro tem como tema "O livro digital e as tecnologias: metadados, formatos e linguagens". Poderia dizer para aqueles que pensam em fazer o curso qual a pertinência, para editores universitários, de aprender sobre as possibilidades dos livros digitais?

Os livros digitais online alcançam públicos globalmente. Ultrapassam fronteiras geográficas e tecnológicas. Dotam os textos dos livros com estruturas semânticas que são interpretadas por sistemas e serviços de disseminação, interoperabilidade, busca de livros, em especial pelos chamados Discovery Services, em ambientes acadêmicos e leitura enriquecida com facilidades de navegação. Para fazer uso dessas potencialidades do livro digital, é necessário construí-lo seguindo as boas práticas de editoração, com destaque para a estruturação dos textos e dos metadados para maximizar as capacidades da internet para a visibilidade do livro. Tal estruturação envolve técnicas e linguagens de gestão de conteúdos digitais, descrição de assuntos e comunicação. Conhecer essas técnicas e linguagens é essencial para explorar as potencialidades do livro digital e dos fluxos de informação.

 

Ainda levando em conta aqueles que pensam em participar do ABEU Técnico, que tipo de questões você pretende discutir durante o curso?

O programa está sendo organizado de modo a contextualizar o livro no cenário da publicação acadêmica, apresentando os avanços e inovações relacionadas ao conceito: de Ciência Aberta, das licenças de atribuição de acesso Creative Commons e métricas de visibilidade dos livros, como citações, downloads e as altimetrias. Existe hoje uma série de formatos de livros digitais (EPUB, PDF, MOBI), de linguagens para interoperabilidade de metadados (XML, ONIX, KBART), metodologias de atribuição de palavras-chave ao conteúdo (CDD, CDU, BISAC, THEMA), de empresas e serviços voltados à distribuição e de conversores automáticos entre formatos. O curso pretende apresentar os principais tópicos ligados às tecnologias relacionadas ao livro digital, de modo a discutir como avaliar qual o melhor caminho para as publicações das editoras e como aprofundar os conhecimentos em cada área.

 

Por fim, poderia esclarecer qual a importância dos metadados no cenário editorial?

Metadados são "os dados sobre dados", ou seja, dados que resumem ou descrevem dados. “Dados”, aqui, se refere a todas as suas informações bibliográficas que, quando reunidas, identificam a obra como um todo. Os livros são facilmente distribuídos para bibliotecas, bases de dados, livrarias, etc., e é fundamental estabelecer uma padronização da informação fornecida, de modo que contribua para a correta difusão e seja facilmente lido por máquinas, favorecendo a recuperação e utilização do conteúdo. Um título de um livro pode estar presente, por exemplo, nos arquivos internos da editora, no catálogo, em uma página exclusiva no site da editora e no registro do ISBN. Mas em tempos onde existem diversas fontes de informação, como controlar se este dado está correto em todos os locais? Erros em dados podem fazer com que um livro ou capítulo seja perdido em meio ao mar de informação contidas hoje na internet.  


Tags da postagem