Lançamento da Eduneb compara obras de poetas

"Memória, multiplicidade e metalinguagem" analisa os processos criativos de Manoel de Barros e Roberval Pereyr

Em 19/11/2018 14:26
Atualizado em 20/11/2018 12:19

Notícia por ABEU

Lançamento da Eduneb compara obras de poetas

O livro "Memória, multiplicidade e metalinguagem", mais recente lançamento da Eduneb e de autoria de José Rosa dos Santos Júnior, tem o objetivo de refletir acerca das modulações autorais presentes nas obras de Manoel de Barros e de Roberval Pereyr. As discussões nele empreendidas estão balizadas pelos prismas da autobiografia, da multiplicidade e da metalinguagem. No processo criativo de Manoel de Barros, poeta do Mato Grosso do Sul, as lembranças ocupam lugar de destaque, criativamente representando sua vida no Pantanal. Já em Roberval Pereyr aparecem as experiências acadêmicas, artísticas e ativistas. Obras e autores que se afastam em alguns pontos, mas se aproximam em outros na habilidosa análise de José Rosa dos Santos Júnior.



Tags da postagem

Poesia brasil linguagem criação Conhecimento da Humanidade Comportamento Social Nível de Informação Nível de Comunicação