Catálogo Universitário

Em época de dúvidas e negacionismo, livros com pesquisas sobre vacinas

Em 20/12/2020 16:50
Atualizado em 22/12/2020 09:06

Opinião por ABEU

Catálogo Universitário

Parece algo saído de um pesadelo distópico, mas o brasileiro está duvidando da eficácia de vacinas. Isso durante a maior crise sanitária do século. Enquanto mais pessoas se sentem inseguras para tomar vacinas contra o novo coronavírus, graças a instabilidades provocadas pelo próprio governo federal, o país fica cada vez mais distante de retornar à normalidade. Para mostrar que pesquisas envolvendo imunizantes não são baseadas em "achismo", a coluna Catálogo Universitário de dezembro, a última deste ano, traz 3 sugestões de leitura da Editora Fiocruz, que traçam um histórico das campanhas de vacinação no Brasil.

Primeiro, em Vacinas, Soros e Imunizações no Brasilé trazido um perfil completo da área de vacinas no país. Subdividido em seis partes, aborda temas como a magnitude das doenças transmissíveis, política e regulação de vacinas e soros, pesquisa, desenvolvimento e inovação em vacinas, complexo produtivo da saúde, a experiência no Brasil, vacinas e imunizações e as experiências internacionais.  Apresenta os resultados do projeto Inovação em Saúde, criado pela Fiocruz em 2001 para o desenvolvimento tecnológico e científico do país.

Em seguida, para mostrar uma história de sucesso da vacinação no país, temos Vacina Antivariólica: ciência, técnica e o poder dos homens, 1808-1920Esta segunda edição revista do livro traz importantes atualizações para a pesquisa no tema. A primeira edição discutia as relações entre ciência, técnica e produção, tendo como referência a descoberta de Jenner e as reflexões de Pasteur sobre a vacina antivariólica. Aborda a organização institucional implementada durante o Império com o objetivo de possibilitar a prática da vacinação por intermédio da Junta Vacínica e do Instituto Vacínico do Império, introduzindo as primeiras experiências com a vacinação animal no Brasil realizadas na Santa Casa da Misericórdia. Trata, finalmente, da sobrevivência do Instituto Vacínico Municipal em outro contexto institucional, polarizado entre propostas de centralização e descentralização dos poderes públicos para a organização dos serviços de saúde. Destaca o surgimento de um conflito entre o barão de Pedro Affonso e Oswaldo Cruz, que representou uma das polêmicas da época em torno da centralização dos serviços de saúde e que contribuiu para os diferentes alinhamentos que redundaram em posições antagônicas assumidas por médicos e políticos. Este novo volume apresenta ainda novas contribuições bem mais recentes de estudiosos do assunto, além das diretrizes atualizadas pela Opas e OMS no âmbito das campanhas de erradicação desenvolvidas em diversos países.

Por fim, Poliomielite no Brasil: do reconhecimento da doença ao fim da transmissão apresenta outro caso vitorioso de vacinação no país. Uma doença conhecida no Brasil desde o início do século XX, mas que só chamou a atenção da opinião pública nos anos 1950, quando epidemias atingiram algumas das principais cidades do país. Somente a partir de 1980, a poliomielite - a partir de intervenções e iniciativas internacionais de controle e erradicação - passou a ser combatida pelo setor Saúde no Brasil. O livro aborda essa longa trajetória, que passa pelo reconhecimento da doença, por estratégias de vacinação e processos de contínua aprendizagem nos campos político-institucional, tecnocientífico e social. Organizado por João Baptista Risi Junior - especialista em vigilância epidemiológica e ex-secretário nacional de Ações Básicas de Saúde do Ministério da Saúde -, o volume aborda também aspectos fundamentais dessa jornada, como a potencialização das ações de saúde e campanhas de vacinação. A mobilização científica mundial e o engajamento institucional de Bio-Manguinhos - unidade da Fiocruz responsável por pesquisa, inovação e pela produção de vacinas e biofármacos que atendem às demandas da saúde pública no Brasil - também são questões de destaque ao longo dos nove capítulos da obra, escritos por pesquisadoras e pesquisadores das áreas de medicina, epidemiologia e saúde pública.


Tags da postagem

catálogo universitário vacina editora fiocruz covid-19 pandemia Coronavírus