Editora Unicamp lança duas novas obras

Obras debatem temas da filosofia

Em 09/03/2020 01:50
Atualizado em 09/03/2020 17:14

Notícia por ABEU

Editora Unicamp lança duas novas obras

A Editora Unicamp lançou duas novas obras, "Kant e o poder de julgar", com autoria de Béatrice Longuenesse, e "Sobre a quadrúplice raiz do princípio de razão suficiente - Uma dissertação filosófica", de Arthur Schopenhauer.  Na primeira obra, a concepção kantiana da lógica é explorada e mostra seu alcance nas três Críticas, em especial na Crítica da Razão Pura. Seu ponto de partida é uma investigação da origem das categorias a partir das formas do juízo. Essa perspectiva contraria a maioria das interpretações tradicionais – desde o pós-kantismo (Hegel) até o neokantismo (Cohen), da tradição fenomenológica (Heidegger) à tradição analítica (Strawson). Ao mostrar como a razão, a faculdade do juízo e o entendimento são modos do que Kant denomina “poder de julgar”, Longuenesse reconstitui também de modo inédito a conexão entre a Crítica da Razão Pura e a Crítica da Faculdade do Juízo.

Já em "Sobre a quadrúplice raiz do princípio de razão suficiente", a obra é a tese que deu o título de doutor a Arthur Schopenhauer, em 1813. Texto seminal, funciona como pórtico de entrada para o sistema do pensamento único, no qual o filósofo explicita metodicamente as quatro acepções do princípio de razão, dissipa as confusões teóricas e práticas originadas do uso indiferenciado e de uma compreensão insuficiente de tal princípio, demonstrando a identidade entre o sujeito da vontade e do conhecimento, bem como o caráter subordinado e instrumental da razão relativamente à vontade. Em primeira edição bilíngue para o português, este livro constitui uma referência essencial para os estudos sobre a obra desse importante filósofo.



Tags da postagem

editora unicamp