Geógrafo desdobra interfaces da geografia e da filosofia em lançamento da Editora Unesp

Obra está disponível para compra em formato impresso

Em 10/05/2021 13:31
Atualizado em 10/05/2021 16:41

Notícia por ABEU

Geógrafo desdobra interfaces da geografia e da filosofia em lançamento da Editora Unesp

Entre as crises atuais, duas estão em destaque: a crise do pensamento, como crise do sujeito, e a crise ambiental, como crise de civilização. Para o geógrafo Eduardo Marandola Jr., ambas são a mesma crise, entrelaçadas por um sistema produtivo que se sustenta em uma compreensão da relação sociedade-ambiente (natureza-cultura) cindida. Porém, ambas são faces do mesmo problema, amarradas por um sistema produtivo mantido a partir do entendimento de uma relação que separa sociedade e ambiente, natureza e cultura. E estes processos podem ser pensados sob o ponto de vista de uma dinâmica integrada. É o que ele propõe em "Fenomenologia do ser-situado: crônicas de um verão tropical urbano", lançamento da Editora Unesp: uma meditação experiencial dos seres-no-mundo, ontologicamente circunstancializados no lugar.

Ao longo de sete capítulos, Marandola Jr. busca fortalecer o sentido de lugar, articulando tanto experiência de campo quanto as várias escalas de construção do conhecimento em uma perspectiva que se pretende fundada na facticidade cotidiana da vida. Do ponto de vista temático, a obra explora, numa intersecção bem-sucedida entre filosofia e geografia, temas como população e ambiente; cidades e mudanças climáticas; sustentabilidade e resiliência urbano-social; o ser-no-mundo, relacionado principalmente com as questões da experiência metropolitana, dos riscos e das vulnerabilidades; e reflexões cada vez mais profundas sobre as interfaces geografia/epistemologia/fenomenologia.

O livro está disponível para compra, em formato impresso, no site da Editora Unesp. Confira aqui mais informações sobre o livro e o autor.


Tags da postagem

editora unesp