Lançamento da Editora Fiocruz investiga trajetória de personagem controverso da psiquiatria brasileira

Obra está disponível em formatos impresso e digital

Em 10/08/2020 13:13
Atualizado em 10/08/2020 16:18

Notícia por ABEU

Lançamento da Editora Fiocruz investiga trajetória de personagem controverso da psiquiatria brasileira

Pensar de forma crítica a realidade sanitária que o Brasil atravessa em meio à pandemia do novo coronavírus requer também investigar a história da medicina e das práticas médicas no país a partir de suas articulações políticas. É sob esse contexto que a Editora Fiocruz lançou a obra "Psiquiatria e Política: o jaleco, a farda e o paletó de Antonio Carlos Pacheco e Silva". Novo título da coleção História e Saúde, o livro, escrito pelo pesquisador Gustavo Querodia Tarelow, foi lançado para aquisição em dois formatos: impresso, via Livraria Virtual da Editora, e digital, por meio da plataforma SciELO Livros. O volume inaugura a lista de originais selecionados em recente chamada pública para livros autorais da Editora Fiocruz.  

A obra apresenta um estudo da trajetória de um personagem altamente relevante e controverso na história biográfica da medicina e da psiquiatria brasileiras do século XX. A análise da vida e das atividades de Antonio Carlos Pacheco e Silva (1898-1988) é feita levando em consideração às muitas contradições, tensões e singularidades do médico, militar e político. Professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), Pacheco e Silva acumulou, para além dos espaços acadêmicos, cargos políticos e empresariais, tendo participado ativamente de movimentos nacionais conservadores e eugenistas. Dividida em três capítulos, a obra agrega também importantes notas, referências e imagens, reunindo fotografias, documentos, páginas de jornais e outros materiais de acervo que ilustram as diferentes fases da vida do psiquiatra.

O livro é um desdobramento da tese doutoral de Gustavo Tarelow, defendida em 2019, na FMUSP. Dedicado às pesquisas sobre a história da psiquiatria paulistas e seus personagens, o autor investiga etapas fundamentais da trajetória de Pacheco e Silva. Ele mostra, por exemplo, a atuação do médico na fundação do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo e como diretor da Associação Psiquiátrica Internacional e do Hospital do Juquery – uma das mais antigas e maiores instituições psiquiátricas do Brasil e da América Latina, há anos em status de gradual desativação. Tarelow revela também como o psiquiatra esteve diretamente envolvido em todo o processo que levou o português António Egas Moniz a receber o Prêmio Nobel de Medicina, em 1949.

Confira mais informações no site da Editora.

 

 


Tags da postagem

editora fiocruz e-book ebook