Livro de Aldo Leopold ganha primeira tradução no Brasil pela Editora UFMG

Trabalho revolucionou o pensamento sobre as questões ambientais

Em 30/08/2019 16:36
Atualizado em 02/09/2019 12:39

Notícia por ABEU

Livro de Aldo Leopold ganha primeira tradução no Brasil pela Editora UFMG

O livro “Almanaque de um condado arenoso e alguns ensaios sobre outros lugares”, do americano Aldo Leopold, acaba de ser traduzido pela Editora UFMG.

Desde que foi publicado pela primeira vez em 1949, este livro tem influenciado leitores no mundo todo. Ele já foi traduzido em 12 países e contabiliza 3 milhões de cópias vendidas. Contudo, o autor é ainda pouco conhecido dos brasileiros, mas seus estudos sobre conservação e preservação do meio ambiente influenciaram as práticas ambientais e a legislação de várias nações, entre eles o Brasil. Aldo escreve sobre sua experiência ao longo de 40 anos de carreira como profissional da engenharia florestal, da ecologia da vida silvestre, trabalhando no planejamento do uso do solo para o governo americano. Como professor universitário, lecionou Manejo de Fauna na Universidade de Wisconsin-Madison, emergindo como um dos principais líderes entre os defensores da preservação das áreas selvagens e do uso racional dos recursos naturais.

A publicação não poderia ser mais atual para os nossos tempos. De acordo com o tradutor do livro e professor da Universidade Federal de Viçosa, Rômulo Ribon, as situações de degradação e destruição ambiental com as quais o pesquisador se deparou ao longo de sua trajetória têm grande paralelo com o Brasil de hoje. Além disso, Rômulo Ribon fala sobre o assunto em entrevista completa para o canal da Editora UFMG.

  


Tags da postagem

#Lançamento #livro Editoraufmg #tradução