Crise no mercado livreiro

ABEU reforça seu apoio as editoras universitárias em momento de crise do mercado livreiro

Em 09/06/2015 11:49
Atualizado em 09/09/2015 11:51

Notícia por ABEU

Crise no mercado livreiro

Nas últimas semanas, as notícias para o mercado editorial brasileiro e, consequentemente, para o livro e a leitura foram bastante desanimadoras: o cancelamento da Festa Literária de Passo Fundo; o anúncio do fechamento da Livraria Leonardo da Vinci, no Rio de Janeiro; e a divulgação, no dia 3 de junho, da pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial, realizada pela Fipe para o Sindicato Nacional de Editores de Livros (Snel) e a Câmara Brasileira do Livro (CBL), que aponta um encolhimento de 5,16% no setor livreiro. Estes fatos vêm com grande peso para as editoras universitárias, somando-se ainda aos cortes de verbas para a Educação que refletem diretamente nas universidades brasileiras.


Para a Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU) o momento é de união e luta juntamente com as demais entidades do livro para cobrar dos órgãos competentes uma política efetiva para o livro e a leitura, que vá além do "papel". Nos colocamos à disposição para apoiar as ações desencadeadas para uma reversão das perdas nesse importante mercado, sejam elas diretamente ligadas à promoção do livro e da leitura, seja preenchendo lacunas deixadas pelo fechamento de uma Livraria que é um marco do mercado livreiro do Rio de Janeiro, seja ainda para assegurar os recursos necessários para a manutenção das Universidades.


Tags da postagem

Trabalho e Carreira