Editora UFGD publica nova coleção

Coletânea Saúde, Espaço e Fronteira(s) está disponível com obras em acesso aberto

Em 02/09/2020 16:53
Atualizado em 07/09/2020 12:30

Notícia por ABEU

Editora UFGD publica nova coleção

A Editora UFGD lançou a Coletânea Saúde, Espaço e Fronteira(s), composta por três obras que são fruto de encontros, debates, redes e publicações geradas no VIII Simpósio Nacional de Geografia da Saúde e no V Fórum Internacional de Geografia da Saúde, realizado na Universidade Federal da Grande Dourados, pelo Grupo de Pesquisa Saúde, Espaço e Fronteira(s) (GESF).

Os ensaios apresentados na coletânea são resultados das trocas de conhecimento de pesquisadores de três continentes, com destaque para os pesquisadores de universidades brasileiras e latino-americanas. As Ciências Humanas e as Ciências da Saúde abordam temas que demandam teorias, metodologias e técnicas de ambas as áreas para melhor compreender a realidade, assim como para responder as demandas de forma mais justa, eficaz e eficiente.

As obras da Coletânea Saúde, Espaço e Fronteira(s) estão disponíveis a todos pelo acesso aberto, na forma on-line e também para download, além da tradicional publicação impressa, disponível para venda. Para baixar as obras, basta acessar o Portal de Livros Abertos da Editora UFGD.

Confira abaixo mais informações sobre as três obras da coletânea:

1. Geografia e saúde: conceitos, teorias e metodologiasorganizado por Cláudia Marques Roma, Alexandre Bergamin Vieira, Adeir Archanjo da Mota e Raul Borges Guimarães 

Este livro apresenta a multidisciplinaridade atual presente nos debates que perpassam Geografia e Saúde. Expressa a incorporação de conceitos, teorias e metodologias que avançam nas análises espaciais das situações de saúde e na promoção de políticas públicas no Brasil e América Latina, explorando novas fronteiras de pesquisa entre Geografia e Saúde.

2. Fronteiras e saúde: experiências, vivências e possibilidades, organizado por Cláudia Marques Roma, Alexandre Bergamin Vieira e Adeir Archanjo da Mota

Os textos desta obra perpassam por reflexões acerca das possibilidades de análise de políticas públicas e dos saberes tradicionais e suas práticas em saúde. Assim, propõem “observar a fronteira não apenas como um elemento, uma forma, mas como um processo histórico em movimento, de conflitos e de interações”, abrindo uma necessária reflexão sobre a natureza da fronteira.

3. Contextos geográficos, saúde mental e violências: das pessoas ao território e do território às pessoas, organizado por Adeir Archanjo da Mota e Cláudia Marques Roma

Esta obra demonstra que há em curso, no Brasil, um processo de amadurecimento da abordagem geográfica acerca de temas de grande relevância para a Saúde Pública. Também reforça a crença de que se realiza, no Brasil, o caminho inverso, ou seja, um acúmulo de reflexões a partir das demandas postas pela realidade social à Saúde Coletiva e que exigem o desenvolvimento do pensamento geográfico.


Tags da postagem

Editora UFGD ebook e-book