Editora UFRJ homenageia cientista político Wanderley Guilherme dos Santos

Editora realizou uma live na última quinta-feira (29)

Em 02/11/2020 22:17
Atualizado em 03/11/2020 14:57

Notícia por ABEU

Editora UFRJ homenageia cientista político Wanderley Guilherme dos Santos

Para homenagear Wanderley Guilherme dos Santos (1935-2019), no mês em que completa um ano de sua morte, a Editora UFRJ realizou, na última quinta-feira (29), às 17h, uma live transmitida pelo Facebook da Editora e pelo canal do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ no YouTube. Considerado um dos grandes cientistas políticos brasileiros, foi professor da UFRJ e do IESP/Uerj (Instituto de Estudos Sociais e Políticos), formador de gerações de cientistas sociais, autor de uma obra extensa e respeitada, ganhador de prêmios como escritor, um dos responsáveis pela criação da Anpocs (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais): estas são algumas das suas inúmeras qualificações acadêmicas e intelectuais.

Participaram da homenagem José Murilo de Carvalho, professor emérito da UFRJ e membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Brasileira de Letras, e Angela de Castro Gomes, professora emérita da Fundação Getúlio Vargas e professora da Unirio. A mediação do debate ficou sob a responsabilidade de Otávio Velho, professor emérito da UFRJ e membro da Academia Brasileira de Ciências. Durante a live, os convidados abordaram a trajetória intelectual de Wanderley Guilherme e seu legado acadêmico, entre eles dois livros publicados pela Editora UFRJ: "A difusão parlamentar do sistema partidário: exposição do caso brasileiro", com a colaboração de Fabrícia Corrêa Guimarães, e "Dois escritos democráticos de José de Alencar: sistema representativo, 1868, Reforma eleitoral, 1974". 

Em "A difusão parlamentar", último livro publicado por Wanderley Guilherme, o autor questiona, tanto do ponto de vista teórico quanto empírico, o senso comum de que o excesso de partidos compromete a seriedade de nosso sistema partidário. Em "Dois escritos democráticos", Wanderley faz um ensaio sobre o livro de José de Alencar e afirma que este, "até prova em contrário, surge como um dos mais sofisticados teóricos da democracia, escrevendo no século XIX".

As transmissões contam com o apoio institucional do Fórum de Ciência e Cultura e da Diretoria de Acessibilidade da Reitoria da UFRJ (Dirac), que disponibilizou tradutores de Libras/Língua Portuguesa para tradução ao vivo dos debates. A gravação da live está disponível no Facebook da Editora e no canal do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ no YouTube. 


Tags da postagem

Editora UFRJ live ebook e-book