Escritor e ex-diretor da Editora UFSC, Salim Miguel, morre aos 92 anos

Salim Miguel publicou mais de 30 livros e recebeu diversos prêmios de literatura

Em 25/04/2016 12:17
Atualizado em 26/04/2016 09:56

Notícia por ABEU

Escritor e ex-diretor da Editora UFSC, Salim Miguel, morre aos 92 anos

Escritor de 33 obras, jornalista e diretor da Editora da UFSC de 1983 a 1991, Salim Miguel faleceu nesta sexta-feira, 22 de abril, aos 92 anos de vida. Nascido no Líbano, mas radicado em Santa Catarina, onde viveu desde os três anos de idade, o autor se mudou para Brasília há cerca de dois anos com sua esposa, Eglê Malheiros, para ficar mais próximo de três dos seus cinco filhos.

Salim Miguel é considerado um dos principais nomes da literatura catarinense, trabalhou em vários veículos de comunicação e ao longo dos mais de 50 anos de criação literária, foi premiado diversas vezes. Em 2009, recebeu o prêmio Machado de Assis, a maior honraria da Academia Brasileira de Letras, e o APCA de Literatura em 1999, pelo livro “Nu na Escuridão”. Durante oito anos dirigindo a Editora UFSC, Salim deu grandes contribuições para as publicações acadêmicas e se tornou referência no país.

Em 2015, aos 91 anos, Salim lançou pela EdUFSC seu último livro, “Nós”, novela policial concentrada em Brasília, que envolve personagens de vários estados do Brasil (aspecto comum na obra de Salim é inserir histórias das cidades onde morou), um assassinato e o mistério que se cria para descobrir o culpado.


Tags da postagem

Editora UFSC Conhecimento da Humanidade Nível de Comunicação Salim miguel edufsc premio machado de assis