SciELO Livros e o acesso aberto em tempos epidêmicos: Mais importante que nunca

Gilberto Hochman, pesquisador da Fiocruz fala sobre acesso aberto ao conhecimento

Em 20/04/2020 10:57
Atualizado em 20/04/2020 12:24

Notícia por ABEU

SciELO Livros e o acesso aberto em tempos epidêmicos: Mais importante que nunca

O pesquisador da Fiocruz, editor científico da Editora Fiocruz e editor adjunto de Ciência & Saúde Coletiva, Gilberto Hochman, escreveu um novo artigo para o blog da plataforma SciELO Livros, intitulado "SciELO Livros e o acesso aberto em tempos epidêmicos: Mais importante que nunca"

Hochman destaca que, em meio à pandemia da covid-19, muitas franquias de acesso aberto a livros, capítulos de livros, dados e enciclopédias, em todas as áreas do conhecimento, por parte de tradicionais editoras universitárias estrangeiras, têm sido aplaudidas nas redes sociais. Contudo, esse acesso livre tem prazo de validade e, nesse sentido, o papel do SciELO Livros na democratização do acesso ao conhecimento científico se faz mais importante do que nunca. 

Com oito anos de funcionamento, a plataforma soma 19 editoras, 5 coleções, 766 livros e 10380 capítulos em acesso aberto, com quase 93 milhões de downloads. "O SciELO Livros acompanha a expansão da universidade brasileira e, ao mesmo tempo, lhe oferece gratuitamente recursos educacionais: os livros", ressalva o pesquisador. Outro ponto de debate é a participação da plataforma como parte da diplomacia cultural e científica brasileira, sendo, portanto, não uma oferta passageira para tempos febris, mas parte integrante de uma política pública da democratização do acesso aberto ao conhecimento. 

Por fim, são apontadas discussões acerca do livro impresso no mundo cada vez mais digital, evidenciando as polaridades da sociedade e a valorização do livro acadêmico, tal como o papel do SciELO Livros no progresso com a ciência aberta. 

Leia o artigo completo no blog da plataforma. 

 

 


Tags da postagem

SciELO Livros acesso aberto e-book e-books