Decifrando a caixa preta do cinema de animação: arqueologia dos modos de produção de imagens técnicas

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de Editora UFPel. Saiba mais

Decifrando a caixa preta do cinema de animação: arqueologia dos modos de produção de imagens técnicas Passe o mouse sobre a foto

SINOPSE

O senso da curiosidade, eis aqui um dos vetores que motivam as pessoas que se dedicam a pesquisa científica. Desejar, aceitar e realizar o desafio de desenvolver estudos no nível do doutorado, em âmbito acadêmico, corresponde ao ímpeto da curiosidade acrescido pela pulsão intelectual que formula uma tese cujos estudos teórico-científicos requerem anos de dedicação imersiva. Assim foram os anos de 2010 a 2014, quando a tese Decifrando a caixa preta do cinema de animação: arqueologia dos modos de produção de imagens técnicas foi acolhida no Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), pertencente a Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (FABICO) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A viabilidade deste estudo foi possível pois contou, também, com a orientação dedicada do professor Dr. Alexandre Rocha da Silva (UFRGS) e dos professores que participaram das bancas de qualificação e defesa: Dr. Antônio César Fialho de Sousa (UFMG), Dra. Lizete Dias de Oliveira (UFRGS), Dra. Nísia Martisn do Rosário (UFRGS) e Dr. Roberto Tietzmann (PUCRS). Este empenho acadêmico não faria sentido se não contasse com a participação de professores, colegas e pessoas interessadas pelo assunto que pesquisa e escreve. O sentimento da conquista surge em conjunto com as etapas que vão sendo finalizadas, isto é: a aprovação nas disciplinas cursadas durante o doutorado; o desfecho da escrita da tese; a materialidade (com capa específica, largura, altura, volume e peso) na versão impressa pela universidade (UFRGS), o feito da defesa e aprovação pela banca avaliadora e o texto disponível para acesso online vinculado a biblioteca da faculdade onde foi desenvolvida. Todas essas etapas são acompanhadas pelo satisfação do desafio aceito e realizado. Entretanto, uma nova alegria surge quando você tem a possibilidade de apresentar a sua tese numa linguagem aberta para um público que extrapola o âmbito acadêmico, quando se tem a possibilidade de ter o seu texto no ímpeto de conquistar outros leitores. Este é a intenção deste livro e desejo que possa se aproximar de muitos corações e mentes, produzindo mais ideias, diálogos e conhecimentos. Disponível em :  http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4244

Informações adicionais

  • Peso: 1,00 Kg