Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de Editora UNIFESP. Saiba mais

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Passe o mouse sobre a foto

R$55,00

SINOPSE

Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada por seu próprio pai. Descendente de uma família de imigrantes curdos que vivia na Suécia por mais de duas décadas, dizia-se cidadã sueca, mas sua família mantinha preservadas as raízes culturais, de uma moral inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um verdadeiro conflito entre duas culturas e fez com que Fadime fosse exilada de sua comunidade. Sua recusa em submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, desonrou profundamente a família, cuja honra apenas poderia ser recuperada com sua morte.

Em Honra de Fadime não é apenas um estudo de caso. Unni Wikan examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a religião a que a família de Fadime pertencia não deve ser responsabilizada – na verdade, assassinatos de honra ocorrem também com pessoas de outras religiões e etnias – mas, antes, o modo como muitas culturas têm ligado honra e violência.

Além do caso de Fadime, são examinados outros crimes de honra na tentativa de elucidar matizes das diferentes noções de honra, humilhação e vergonha que fizeram com que, neste caso, um pai matasse sua filha, acreditando ser este um ato de defesa coletiva e o último recurso para proteger uma família da humilhação e dos consequentes danos sociais a ela infligidos por um de seus membros.

Unni Wikan é professora do Departamento de Antropologia Social da Universidade de Oslo. Dentre seus livros, destacam-se Behind the Veil in Arabia; Managing Turbulent Hearts; Tomorrow, God Willing; e Generous Betrayal: Politics of Culture in the New Europe.

Informações adicionais

  • Peso: 0,53 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 2,00 cm
    • Altura: 23,00 cm
    • Largura: 16,00 cm