A campanha que erradicou o analfabetismo em Cuba

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de Editora UFMS. Saiba mais

A campanha que erradicou o analfabetismo em Cuba Passe o mouse sobre a foto

SINOPSE

A campanha de Alfabetização Cubana, realizada de setembro de 1960 a dezembro de 1961, foi o momento culminante de um processo de alfabetização de adultos que já ocorria desde os movimentos de luta pela independência, no século XIX. Seus objetivos e metodologia estavam profundamente inseridos no processo revolucionário instaurado com a deposição de Fulgêncio Batista. Se, por um lado, ela teve papel fundamental na conquista do projeto revolucionário de hegemonia da sociedade cubana, por outro, ela não seria possível sem a prévia existência do processo revolucionário. Participar da Campanha era participar da Revolução e o clima de mudança envolvia as pessoas motivando-as à participação. Daí a eficácia desse trabalho massivo que, em um ano, erradicou o analfabetismo no país.Nesta pesquisa, baseada em entrevistas e documentos coletados em Cuba, Vera Peroni descreve o processo de alfabetização e explicita as formas pelas quais os discursos dos agentes o relacionam com o processo revolucionário.

Informações adicionais

  • Peso: 0,50 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 16,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 11,00 cm