A herança do absurdo

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de EDUFBA. Saiba mais

A herança do absurdo Passe o mouse sobre a foto

SINOPSE

Ironia, farsa, estranheza, atonia. Os sentimentos que permeiam as obras que compõem o Absurdo no teatro servem como um reflexo do caos ideológico vivido pelo Ocidente no período pós-Segunda Guerra Mundial. Neste título, o autor analisa as principais características absurdas, a partir da obra do romeno Ionesco e do irlandês Samuel Beckett, além de investigar a herança do Absurdo noutros dramaturgos mais recentes do teatro ocidental.

Informações adicionais

  • Peso: 0,59 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 19,00 cm