Dilemas do pós-modernismo na cultura de massa

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de Editora Unesp. Saiba mais

Dilemas do pós-modernismo na cultura de massa Passe o mouse sobre a foto

Acesse agora

SINOPSE

Este livro discute três obras cinematográficas de ficção científica – O homem bicentenário (1999), Inteligência artificial (2002) e Eu, Robô (2005) – unidas pelo discurso comum sobre a transformação técnico-científica do corpo humano. Esses filmes apresentam ao público questões bioéticas ligadas às pesquisas nas áreas de robótica, sistemas operacionais, criogenia, eugenia, bioengenharia, biotecnologia e seus usos em seres humanos. Lilian Victorino analisa de que modo esses filmes levam discursos científicos ao conhecimento popular e quais valores ou ideologias norteiam o pensamento social nas narrativas: importa entender não apenas qual história o filme conta, mas, sobretudo, como essa história é apresentada. Ver e refletir sobre essas obras são pontos de partida para recontar as histórias apresentadas; problematizar o que pode parecer natural para os espectadores é a intenção deste livro.

Informações adicionais

  • Código de barras: 9788539303793
  • Peso: 0,40 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 18,00 cm