Funcionalismo e cognitivismo na sintaxe do português

As informações desta página são responsabilidade exclusiva de Editora Unesp. Saiba mais

Funcionalismo e cognitivismo na sintaxe do português Passe o mouse sobre a foto

Acesse agora

SINOPSE

A obra nasce no bojo das discussões e problemas relacionados (ou associados) ao ensino de gramática, tanto no âmbito acadêmico quanto no profissional. Em tal contexto, Ana Carolina Sperança-Criscuolo busca demonstrar a adequação pedagógica da proposta de descrição e análise de orações subordinadas substantivas sob uma perspectiva funcionalista-cognitivista.

A autora escolhe o domínio da sintaxe pela importância desse nível de organização da língua na arquitetura do texto. Além disso, o processo de subordinação substantiva, foco da pesquisa, figura como recurso bastante recorrente e produtivo no português. O estudo dos aspectos pragmático-discursivos ligados a tal processo pode, assim, proporcionar melhor entendimento e maior domínio dessas construções e, consequentemente, dos textos.

O livro organiza-se em cinco capítulos. Neles, a autora apresenta um breve histórico sobre o desenvolvimento dos estudos linguísticos, discute os princípios teóricos que nortearam a pesquisa, trata da perspectiva cognitivista no estudo da língua, aborda o tratamento tradicional do período composto por subordinação. Partindo de usos autênticos das orações, ela ainda analisa aspectos pragmáticos e discursivos associados a sua organização e, finalmente, promove uma discussão sobre elementos que possibilitam refletir sobre a língua como um sistema complexo e dinâmico.

Informações adicionais

  • Código de barras: 9788568334454
  • Peso: 0,40 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 18,00 cm